business-1209705.jpg
  • Felipe Lando

Codificação de dados qualitativos

Codificar os dados qualitativos é uma das tarefas mais importantes da sua etapa de análise em um trabalho acadêmico (tese, dissertação ou TCC).

No post de hoje, vamos falar um pouco sobre a importância de uma boa codificação e como fazer com que ela não caia na armadilha do “tageamento”.

A Amália gravou um vídeo para o nosso canal do YouTube onde fala sobre esse assunto. Clica aqui na imagem e assiste 😊




O processo de codificação

A codificação é o trabalho do pesquisador de separar do conjunto de dados, seja entrevista, documentos, anotações, literaturas, todas as partes que são importantes para a sua pesquisa.

Como já falamos nesse post, existem diversas abordagens para o processo de codificação, dentre elas a abordagem dedutiva e a indutiva.

Independentemente de ser dedutiva ou indutiva, a codificação pressupõe a identificação e a separação dos trechos representativos dos dados analisados. O pesquisador destaca os principais pontos, sejam eles falas de entrevistados, passagens dos documentos, imagens, entre outros, como forma de eliminar o que não gera nenhuma contribuição para a resolução do problema de pesquisa.

Evite o “tageamento

Um dos principais erros cometidos por pesquisadores ao fazer a codificação é cair na falácia do tageamento (derivado da palavra Tag em inglês). O tageamento ocorre quando o pesquisador destaca dos dados pontos que são interessantes, mas que não ajudam na resolução do problema de pesquisa.

Essa prática é muito comum e ocorre frequentemente nas análises qualitativas, pois encontramos diversas informações e temos diversas ideias ao longo do processo de análise. No entanto, devemos ter em mente o problema de pesquisa e nos manter focados em encontrar apenas trechos que realmente nos ajudem a resolvê-lo.

- Mas Felipe, vou perder o restante dos dados?

Não! Os outros pontos importantes que você encontrar devem ser registrados e guardados para a elaboração de outras pesquisas.

Tenha sempre em mente que não é uma boa prática de pesquisa ficar expandindo o seu problema para englobar todos os dados que você encontrou na sua codificação. A sintetização e o foco na solução do problema são atributos muito bem valorizados nos trabalhos acadêmicos.

Espero que você tenha gostado dessa explicação e espero te encontrar em outros posts aqui do blog.

Um abraço,

Felipe.

academica_logo_rgb_novo_branco.png
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online