business-1209705.jpg
  • Felipe Lando

Como fazer o método (metodologia) da dissertação ou da tese?

Atualizado: 18 de Jun de 2020

Método de pesquisa, ou erroneamente chamado de metodologia de pesquisa, é o capítulo da sua dissertação ou tese que tem como objetivo entregar ao leitor o COMO da sua pesquisa.


Aqui, você precisa apresentar os passos e as escolhas que vão levar aos seus objetivos (apresentados na introdução). Por isso, é muito importante apresentar neste capítulo pontos coerentes com suas abordagens e com os objetivos do seu trabalho. Caso contrário, você pode estar cometendo uma falha fatal.


Um exemplo de falha fatal muito comum é ter um objetivo positivista e adotar uma abordagem interpretativista. Como são aproximações epistemológicas diferentes, essa escolha pode fazer com que seu trabalho não seja aprovado nem publicado.


Quais são as possibilidades de métodos e como podemos escrever este capítulo do trabalho?


Fizemos um vídeo sobre como escrever o capítulo de método. Assista o vídeo para saber, na prática, como escrever o capítulo de método do seu trabalho (clique na imagem se quiser assistir).



Conhecendo os tipos de método


Primeiramente, vamos explorar um pouco os principais tipos de pesquisa. Você vai se posicionar, no capítulo de método, com relação a algum desses tipos, apresentando o que vai direcionar a forma como você vai coletar e analisar os dados.


Tipos de pesquisa


A seguir, apresentamos os diversos tipos de pesquisa com relação à abordagem, à epistemologia, à natureza, à forma de análise dos dados e aos procedimentos.


Quanto à abordagem


  • Pesquisa qualitativa: temos um post especial só sobre pesquisa qualitativa (clique aqui para ler mais). De modo geral, é a pesquisa que se baseia em fenômenos únicos e inseparáveis de seu contexto. Esse tipo de pesquisa não busca a generalização dos resultados e depende muito da experiência dos participantes.

  • Pesquisa quantitativa: temos um post especial só sobre pesquisa quantitativa (clique aqui para ler mais). Esse tipo de pesquisa se embasa em números para análise estatística de relações de causa e efeito, ou para descrever as características de uma amostra/população. Essa pesquisa pode ser usada para fins de generalização dos resultados.

  • Podemos misturar as abordagens? Sim, e a Amália gravou um vídeo dedicado especialmente a explicar o que é a abordagem mista de pesquisa. Clique aqui para assistir!