business-1209705.jpg

Como formatar gráficos de acordo com a ABNT?

Atualizado: Mai 23

Quer inserir gráficos em sua tese, dissertação, artigo ou TCC conforme as normas da ABNT e não sabe como? 🤔 Com essas dicas, você verá que configurar os gráficos em qualquer trabalho acadêmico é mais fácil do que você imagina! 🤗



Com frequência em trabalhos acadêmicos, seja ele tese, dissertação, artigo científico ou Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), é preciso inserir ilustrações para apresentar melhor os resultados ou para demonstrar, visualmente, algum tipo de informação. De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), ilustrações podem ser desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos, figuras, imagens, entre outros. Hoje, vamos nos atentar para a formatação de gráficos em documentos do Microsoft Word, mas essas dicas servem também para a formatação de qualquer tipo de ilustração.


Inserindo o gráfico no documento


Se durante a sua pesquisa de mestrado, doutorado ou qualquer outro tipo de pesquisa, você criou gráficos para apresentar os dados, o ideal é apresentar esses gráficos no documento final. Como a ABNT sugere que a fonte utilizada nas ilustrações seja a mesma utilizada no texto, com tamanho menor, indicamos que você use um formato editável. Por exemplo, se você analisou os dados no Excel ou usou esse programa para criar seu gráfico, basta copiar e colocar no documento no Word. Porém, se você usou algum outro programa, será preciso fazer ajustes antes de exportar em formado .jpeg.


Formatando o gráfico


Depois de colar o gráfico no documento, você precisa configurar a largura. De acordo com as normas para margens de trabalhos acadêmicos da ABNT, as ilustrações terão sempre, no máximo, 16 cm de largura. Clique sobre o gráfico, vá na aba Formatar e na parte Tamanho, configure a largura em 16 cm.


Para formatar o tipo e o tamanho de fonte do gráfico, clique sobre ele, vá na aba Página inicial e configure. A fonte precisa ser a mesma utilizada no corpo do texto e o tamanho deve ser menor. Indicamos usar tamanho 10 para todas as ilustrações.


Por fim, indicamos que você inclua um contorno no gráfico, para destacá-lo no texto e delimitar o espaço entre o título e a legenda. Para isso, clique sobre o gráfico, vá na aba Formatar novamente, e na parte Estilos de forma, configure o Contorno da Forma na cor preta.


Colocando o título


De acordo com a NBR 14724:2011, a identificação da ilustração deve figurar na parte superior, precedida da sua designação (palavra que descreve o tipo de ilustração). Neste exemplo que estamos apresentando, será Gráfico. Depois, de ser inserido o número de ordem de ocorrência do elemento no texto, em algarismos arábicos, um travessão e o respectivo título.


Para colocar o título do gráfico, clique acima dele e vá na aba Referências e na parte Legendas clique sobre o botão Inserir Legenda. Na janela que abrir, na parte Rótulo, selecione o tipo de ilustração que você está inserindo. Neste caso, estamos inserindo um gráfico. Agora, coloque um travessão () e digite o título do gráfico, explicando a que ele se refere. Não deve ser inserido ponto final. Se você seguir esses passos e usar esta ferramenta do Word, os elementos serão numerados automaticamente de acordo com a ocorrência no texto. Ou seja, você pode inserir novos gráficos antes ou depois, no texto, que o Word irá atualizar o número automaticamente para você.


Escrevendo a fonte


Ainda de acordo com a NBR 14724:2011, na parte inferior da ilustração, deve figurar a fonte consultada, que é "elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor" (ABNT, 2011, p. 11). Após, deve ser inseridas notas e outras informações necessárias a compreensão da ilustração (se houver).


Logo abaixo do gráfico, insira a fonte de onde este gráfico foi retirado. Se foi retirado de alguma fonte bibliográfica (livro, base de dados, artigos, entre outros), faça da seguinte forma:


Fonte: nome do(s) autor(es) (ano da publicação).

Se o gráfico foi feito por você, é preciso inserir na fonte essa informação. Veja como deve ser feito:


Fonte: Elaborado pelo(a) autor(a) (ano da publicação do seu trabalho).

Nestes casos, o ano sempre será o ano de publicação do seu trabalho, mesmo que a ilustração tenha sido feita por você em anos anteriores.


Atualizando a lista de ilustrações (ou de gráficos)


Se você seguiu direitinho as dicas para inserir o título das ilustrações, fica mais fácil fazer a lista de ilustrações no documento de forma automatizada. A NBR 14724:2011 recomenda que seja feita uma lista própria para cada tipo de ilustração. Porém, se forem poucas ilustrações de um único tipo, é possível fazer uma lista única.


Para inserir a lista de ilustrações, vá até a página dos elementos pré-textuais onde irá figurar a lista, clique sobre a página e vá na aba Referências. Na parte Legendas, clique sobre Inserir índice de ilustrações. Na janela que se abrir, escolha o nome da legenda (neste caso, Gráfico) e desmarque a opção Usar hiperlinks em vez de números de página. Pronto, sua lista foi criada automaticamente.


Lembre-se que todas as ilustrações devem ser citadas no texto e inseridas o mais próximo possível do trecho a que se refere. Evite ao máximo usar palavras como acima e abaixo. Apenas insira o nome da ilustração e o respectivo número. Isso também é possível fazer de forma automatizada no Word.


Você pode ver todas essas dicas no episódio de Pesquisa na Prática, no nosso canal no Youtube:


Se você iniciar a escrita do seu trabalho em um documento já configurado de acordo com as normas da ABNT para trabalhos acadêmicos, fica ainda mais fácil! Por isso, preparamos um modelo em Word que você pode baixar e já sair escrevendo sua tese, dissertação ou monografia! E o melhor: é grátis!


Clique aqui para baixar o modelo de trabalho acadêmico formatado na ABNT!

academica_logo_rgb_novo_branco.png
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online