business-1209705.jpg

Como ser persistente?

Atualizado: Mai 23

Você é persistente? Pois é, eu não era... Nunca fui, na verdade. Entretanto, em um momento da minha vida, um acontecimento fez eu aprender sobre a importância de ser persistente!

Antes dos trinta anos, eu estava com obesidade do tipo 1 e colesterol alto. Quando o médico me disse que eu precisava cuidar da minha saúde, minha ficha caiu! Busquei ajuda de profissionais para começar a reeducação alimentar e foi aí que aprendi a ser persistente!

Perder quase vinte quilos me fez aprender a fazer um pouco por dia e a me esforçar para conquistar os meus objetivos! A partir disso, consegui ver que eu era capaz de tudo, inclusive de entrar no mestrado (algo inimaginável para mim antes). E é essa história que eu compartilho com vocês em mais um episódio de Diário de uma Doutoranda.



A partir destes aprendizados, consegui emagrecer quase 20 quilos e voltei a ter saúde! A motivação foi tanta que passei em três processos seletivos de mestrado! Depois de terminar o mestrado, continuei aplicando o que aprendi e passei em dois processos seletivos de doutorado. Em um deles, passei em primeiro lugar na minha linha de pesquisa na UFRGS. Optei por cursar na PUCRS (instituição onde concluí o mestrado).


Espero que esta história também te motive a seguir buscando seus sonhos e metas! 🤩

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online