business-1209705.jpg

O que é pesquisa qualitativa?

Muita gente faz confusão quando se fala em pesquisa qualitativa! Por isso, neste post, vamos explicar o que é a pesquisa qualitativa e para o que ela é mais indicada. Assim, ficará mais fácil tomar decisões sobre o método na sua dissertação ou tese 😉


Se você preferir, pode conferir o episódio de Pesquisa na Prática, no nosso canal no Youtube, onde eu explico o que é pesquisa qualitativa 👇 (clique na imagem para assistir)



O que é pesquisa qualitativa?


Pesquisa qualitativa examina evidências baseadas em dados verbais e visuais para entender um fenômeno em profundidade. Portanto, seus resultados surgem de dados empíricos, coletados de forma sistemática.


Diferente da pesquisa quantitativa, que utiliza números como dados e faz análises estatísticas, a pesquisa qualitativa utiliza dados em formato de palavras, frases, imagens, vídeos e áudios. Por isso, ela requer técnicas de coleta e análise de dados específicas.


Abordagens epistemológica na pesquisa qualitativa


Antes de decidir fazer uma pesquisa qualitativa você precisa identificar qual será a abordagem epistemológica a ser adotada. Na pesquisa quantitativa, isso não é necessário já que todas as pesquisas quantitativas são, por natureza, positivistas. Na pesquisa qualitativa, há basicamente duas possíveis abordagens epistemológicas: a mais positivista e a mais interpretativista.


Para identificar a abordagem epistemológica mais apropriada para a sua pesquisa, converse com seu(sua) orientador(a) sobre isso. Também é importante verificar qual é a abordagem epistemológica mais adotada na sua área de pesquisa. Assim, ficará mais fácil de publicar os resultados de sua pesquisa em uma revista científica de alto impacto.


Se quiser saber mais sobre abordagem epistemológica, confira esse vídeo no nosso canal no Youtube.


Coleta de dados qualitativos


As pesquisas qualitativas podem adotar uma ou várias técnicas de coleta de dados. Veja quais são as principais técnicas:


Entrevistas individuais ou em grupo


Uma das técnicas mais utilizadas nas pesquisas qualitativas é a entrevista. Essa entrevista é feita pelo(a) pesquisador(a) em uma conversa com o(a) participante. Essa conversa é conduzida com a ajuda em um roteiro de entrevista, para guiar os principais pontos de precisam ser abordados.


Alguns autores chamam essa entrevista de face a face, já que é uma conversa direta entre pesquisador(a) e participante. Porém, essa conversa também pode ser feita através de uma reunião virtual, realizada com o auxílio de softwares de videoconferência, como o Zoom, Skype ou Google Meet.


Essa entrevista pode ser realizada com um ou vários participantes ao mesmo tempo. A entrevista coletiva, também chamada de Grupos Focais, permitem identificar pontos que não seriam possíveis em uma entrevista individual graças a interação entre os participantes.


O importante na entrevista é registrar a fala dos participantes em gravações em áudio ou vídeo. Assim, tudo que for falado poderá ser analisado na íntegra, exatamente como o(a) participante falou. Esse áudios são transcritos para, então, serem analisados.


Anotações de campo e memos


As anotações de campo também são uma fonte de coleta de dados importante quando a pesquisa qualitativa adota a técnica de observação. Assim, enquanto o(a) pesquisador(a) observa o fenômeno acontecendo, registra seus pensamentos em textos (anotações) ou em áudio. O importante é sempre anotar o mais próximo possível da observação, para não esquecer os detalhes.


As memos são anotações feitas pelo(a) pesquisador(a) durante a análise dos dados. Elas são fundamentais para registrar as ideias durante a codificação e a categorização dos dados. A maior parte dos softwares de análise de dados qualitativos atualmente possui algum tipo de ferramenta relacionada a memos (mesmo não usando este nome específico).


Outros documentos


Para aumentar a credibilidade da pesquisa qualitativa, também é possível coletar dados complementares, como documentos, imagens e vídeos. Esses documentos podem ser relatórios de instituições ou imagens fornecidas pelos próprios participantes. Ao comparar a fala dos entrevistados com os documentos, é possível fazer a triangulação de dados, identificando se há semelhanças ou diferenças no que foi encontrado como resultado.


Vale ressaltar aqui que esses documentos não são os documentos utilizados na revisão de literatura. A revisão de literatura é feita antes da aplicação da pesquisa qualitativa.


Análise de dados qualitativos


A pesquisa qualitativa trabalha com dados qualitativos, textos e imagens. Por isso, há necessidade de utilizar técnicas de análise específicas. Existem, atualmente, várias técnicas de análise de dados qualitativos, que podem ser adotadas dependendo do tipo de pesquisa a ser feita (por exemplo, estudo de caso ou Grounded Theory). É importante levar em consideração a abordagem epistemológica na escolha da técnica de análise de dados qualitativos, para não haver conflitos.


Entretanto, apesar da abordagem epistemológica, a maior parte das técnicas de análise de dados qualitativos possui basicamente duas principais atividades: a codificação e a categorização dos dados. Assim, é possível fragmentar o texto e agrupar partes das imagens em grupos com mesmo sentido ou dentro de uma mesma temática. Depois, é possível organizar, sistematizar e sintetizar esses trechos em categorias para identificar os resultados.


A Análise de Conteúdo é uma técnica bastante utilizada nas pesquisas qualitativas. Se quiser saber mais sobre essa técnica, confira o vídeo em nosso canal no Youtube.


Quando usar a pesquisa qualitativa?


A pesquisa qualitativa é indicada, principalmente, quando há necessidade de entender um fenômeno em profundidade, de forma detalhada. A maior parte destas pesquisas são classificadas como pesquisas exploratórias.


A pesquisa qualitativa também é parte de uma pesquisa que utiliza métodos mistos. Ela pode ser empregada na primeira etapa da pesquisa, para identificar proposições que serão posteriormente testadas ou em um segundo momento, para compreender respostas de uma survey consideradas outliers.


Espero que essas dicas te ajudem a tomar decisões sobre a pesquisa qualitativa no seu mestrado ou doutorado! Até a próxima!


academica_logo_rgb_novo_branco.png
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online

Acadêmica Club