business-1209705.jpg
  • Felipe Lando

Positivismo ou interpretativismo?

A palavra epistemologia chega dar arrepios, não é mesmo? Essa palavrinha difícil, que eventualmente todos os pós-graduandos acabam tendo contato, significa muito nas nossas vidas como acadêmicos.

Por isso, no post de hoje eu vou resumir tudo o que você precisa saber sobre as escolhas epistemológicas do seu trabalho acadêmico e vou te ensinar a não cair em armadilhas que podem te reprovar.

Fizemos, também, um vídeo discutindo esse assunto no nosso canal do YouTube. Clique na imagem para assistir!



Por que devemos conhecer tais perspectivas?

Cada pessoa possui experiências e vivências que formam seu caráter, estrutura de pensamento, crenças e valores

Cada crença e valor faz com que enxerguemos o mundo e os acontecimentos com determinado julgamento

Esse julgamento está de acordo com uma das perspectivas teóricas da ciência

Devemos saber quais são essas perspectivas para entender como vamos tirar melhor proveito da nossa pesquisa

Cada perspectiva ditará questões ontológicas (da natureza da realidade), epistemológicas (da construção do conhecimento), axiológicas (dos valores) e metodológicas (da forma) da nossa pesquisa.

Quando não compreendemos e adotamos uma linha clara de construção da nossa pesquisa, não chegamos a resultados consistentes e dificilmente teremos nosso trabalho aceito ou publicado.

Quais são as principais perspectivas epistemológicas na pesquisa?

Positivismo/pós-positivismo

Interpretativismo/social construtivismo

Estruturas transformativas

Perspectivas pós-modernas

Entre outras

Positivismo/pós-positivismo


  • O que é: Corrente de pensamento surgida no final dos anos 1800 e início dos anos 1900.

  • Como o mundo é entendido: O positivismo entende que a realidade é dada, ela existe e nós apenas podemos medi-la.

  • Premissas: Tudo o que existe segue padrões que podem ser interpretados e estudados de forma estruturada.

  • Trabalho acadêmico positivista: Vai utilizar métodos estruturados e confiar em padrões.

Interpretativismo/construtivismo social

  • O que é: corrente que entende que a realidade é criada por meio das interações entre os sujeitos e o mundo ao seu redor

  • Como o mundo é entendido: A realidade não existe se não existirem interações entre sujeitos e o mundo. Tudo é construído com base na interpretação que cada pessoa tem de determinado fenômeno. As experiências, conhecimentos e sentimentos influenciam na interpretação.

  • Premissas: Padrões não existem, uma vez que cada indivíduo vai interpretar um fenômeno de uma forma totalmente individual.

  • Trabalho acadêmico interpretativista: Vai se basear em estudos de narrativas, fenomenologia, estudos discursivos, entre outros. O pesquisador vai ter papel fundamental na interpretação, visto que suas experiências e vivências vão influenciar seu entendimento do fenômeno pesquisado.

Outras vertentes

Além do positivismo e do interpretativismo, existem diversas outras vertentes que embasam pesquisas científicas.

Se você quiser conhecer outras, o livro do John Creswell (Investigação Qualitativa e Projeto de Pesquisa) pode te dar uma ideia geral de algumas delas.

Espero que este post tenha te ajudado a entender um pouco mais das perspectivas filosóficas na ciência.

Espero ver você em outros posts aqui do blog.

Um abraço,

Felipe.

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online