business-1209705.jpg
  • Felipe Lando

Roteiro de entrevista

Roteiros de entrevista qualitativa, como fazer?

No post de hoje, vamos falar um pouco sobre a elaboração de um roteiro para conduzir suas entrevistas qualitativas.

Primeiramente, você precisa conhecer os principais tipos de roteiro e os principais tipos de pergunta. Existem três:

  • Roteiro estruturado;

  • Roteiro semiestruturado; e

  • Roteiro não estruturado.

Os principais tipos de pergunta são:

  • Perguntas abertas; e

  • Perguntas fechadas.

Vamos conhecer cada um deles, então. Mas antes, dá uma olhada nos vídeos que já gravamos para o YouTube, onde falamos desses assuntos:







Vamos inverter a ordem e começar falando dos tipos de perguntas.


Questões abertas

Essas são as questões onde não existem respostas pré-definidas. O seu participante poderá responder à pergunta da forma como quiser. Esse tipo de pergunta é mais adequado para pesquisas onde o pesquisador busca entender um fenômeno que não se tem plena distinção na ciência.

Ou seja, se você quer conhecer a percepção do seu participante e não tem a necessidade de que ele te responda em uma maneira totalmente previsível, perguntas abertas serão sua opção.

O uso mais comum desse tipo de perguntas é em entrevistas qualitativas, dada a natureza desse tipo de pesquisa.

Questões fechadas

Esse tipo de questão pressupõe um conjunto limitado de possíveis respostas. Dessa forma, quando um respondente se deparar com a pergunta ele terá que escolher dentre as possíveis respostas que você, pesquisador, já formulou.

Esse tipo de pergunta busca quantificar as respostas e é muito utilizado em surveys quantitativas.

Você pode fazer perguntas fechadas sempre que for possível determinar respostas válidas para uma determinada pergunta. Porém, cabe lembrar que limitar o respondente a um conjunto de respostas pode significar a perda de riqueza de detalhes, dependendo do seu objetivo de pesquisa.

Tipos de roteiro

Os tipos de roteiro que vou falar agora são válidos apenas para perguntas abertas. Esses roteiros são os que você vai utilizar em entrevistas qualitativas onde o seu respondente não contará com um conjunto pré-determinado de respostas.


Roteiro estruturado

O roteiro estruturado é aquele que possui um conjunto limitado de perguntas com características diretas.

Esse tipo de roteiro será utilizado quando você, pesquisador (a) for fazer comparação direta entre as respostas dos participantes.

Aqui é importante você ter em mente que suas perguntas devem ser objetivas, cobrir todo o tema pesquisado e você sempre deverá se manter fiel ao roteiro, sem fazer adaptações às perguntas ou ao roteiro.

Como o seu objetivo é comparar respostas, você deve coletar todas as respostas de todos os participantes.

Via de regra, roteiros estruturados tendem a render entrevistas mais curtas e permitem um número maior de respondentes.

Roteiro semiestruturado

Esse tipo de roteiro é um dos mais utilizados na pesquisa qualitativa. Nele, o pesquisador endereça perguntas de caráter mais genérico e com possibilidade aprofundamento das questões a depender do andamento da pesquisa.

Via de regra, as perguntas do roteiro semiestruturado servirão de guia para o pesquisador, ficando o mesmo livre para aprofundar tópicos relacionados às respostas do participante.

Ao utilizar esse tipo de roteiro, você deve ter em mente que o objetivo não será a comparação de respostas, mas sim o aprofundamento do conhecimento.

Entrevistas baseadas em roteiros semiestruturados serão entrevistas de maior profundidade, podendo demorar mais tempo e gerar uma maior riqueza de detalhes.

Roteiro não estruturado

Um roteiro não estruturado será aquele utilizado exclusivamente como guia para o pesquisador.

Via de regra, esses roteiros não são constituídos de perguntas, mas sim de tópicos a serem explorados pelo pesquisador.

O objetivo aqui será compreender a percepção dos entrevistados com relação aos assuntos a serem pesquisados.

Normalmente, roteiros não estruturados resultam em entrevistas muito longas (podendo durar mais de 3 horas) e que apresentam grande riqueza de detalhes dos dados coletados.

Dessa forma, esse tipo de roteiro melhor se adapta em caso de entrevistas onde se buscam narrativas, histórias, experiências.

Como o pesquisador dificilmente fará as mesmas perguntas para todos os participantes, isso inviabiliza a comparação entre eles.

Conclusão

Agora que você já conhece os principais tipos de roteiros, escolha o que melhor se adapta ao seu problema de pesquisa e mão à obra.

Aproveito e faço o convite para você fazer acessar o modelo de roteiro que desenvolvemos aqui na acadêmica. Ele está formatado conforme as normas ABNT e pode ser anexado nos Apêndices do seu trabalho.

Clique aqui para acessar.

Espero te encontrar em outros posts aqui do blog.

Um abraço,

Felipe.

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online