Glossário do processo de submissão de artigos científicos

Durante o processo de submissão de artigos, é comum a gente ouvir falar termos como fast track, peer review, cover letter ou special issue, mas você sabe o que significa esses termos? Confira esse post e entenda todos esses termos! Aproveita e confere, também, a explicação que fiz neste episódio de Pesquisa na Prática no nosso canal no Youtube 👇 (clique na imagem para assistir o vídeo) Confira, então, os principais termos relacionados ao processo de submissão de artigos científicos aos periódicos. Cover letter Cover letter é um termo em inglês que se refere à carta de apresentação do artigo, enviada junto com o próprio artigo ao editor no início do processo de submissão. Esta carta geralmente tem uma página de extensão, não mais que isso, onde os autores apresentam o artigo, explicam o contexto em que a pesquisa foi realizada e ressaltam as contribuições dos resultados para a teoria. Nesta carta também é importante incluir informações caso o artigo tenha sido apresentado em um congresso ou tenha alguma versão publicada anteriormente. Peer review Peer review, em inglês, significa revisão por pares. Uma das formas mais comuns da comunidade científica garantir a qualidade, a originalidade, a validade e a relevância das pesquisas é através da revisão feita por outros pesquisadores. A maioria das revistas científicas qualificadas e éticas utiliza esse processo para decidir se um artigo submetido será publicado ou não. Os pesquisadores que revisam artigos submetidos para uma revista são chamados de revisores e esta atividade é, frequentemente, voluntária. Assim como nós precisamos que outros pesquisadores avaliem o nosso estudo, nós também podemos nos oferecer para avaliar os estudos de outras pessoas 😀. Assim, todo o mundo ganha! Veja o processo de revisão por pares apresentado pelo documento Peer Review: the nuts and bolts, desenvolvido pela equipe da Voice of Young Science (traduzido por nós 😉). Desk reject Desk reject é um termo em inglês utilizado quando o editor, ao receber e olhar um artigo submetido para sua revista, já o rejeita, sem enviar para os revisores. Isso pode acontecer por diversos motivos: O artigo possui uma temática que não é contemplada pelo escopo da revista. O artigo utiliza um método ou abordagem que não é contemplado pelo escopo da revista. O artigo não apresenta o formato exigido pela revista. Outros motivos... Blind review Blind review, em inglês, significa revisão cega. Isso ocorre quando os revisores não sabem quem são os autores do artigo que eles estão revisando. Do mesmo modo, os autores não sabem quem são os revisores de seu artigo. Esse processo é muito utilizado por revistas científicas e ajuda a avaliar de maneira idônea uma pesquisa, pois evita algum tipo de viés na hora da revisão. Por exemplo, se o(s) autor(es) de uma artigo forem pouco conhecidos na comunidade acadêmica, pode ser que algum revisor não dê os devidos créditos para a pesquisa. O contrário também pode acontecer: autores muito conhecidos na comunidade acadêmica podem influenciar a revisão, não recebendo tantas críticas. Rounds Rounds, em inglês, são rodadas de avaliação do artigo durante o processo de revisão. No modelo do processo de revisão de apresentamos acima, é aquele momento em que o editor avalia o retorno dos revisores e envia para os autores fazerem as alterações. Depois de feitas as alterações solicitadas, os autores reencaminham o artigo para o editor, que reencaminha para os revisores verificarem se as alterações foram feitas da forma esperada. Esse processo de vai e volta pode acontecer algumas vezes (primeiro round, segundo round, terceiro round). O importante aqui é atentar para as solicitações dos revisores e tentar alterar o documento de forma satisfatória. Além disso, a cada round, os autores precisam enviar uma carta de resposta ao editor, explicando as alterações que foram feitas e justificando o posicionamento de acordo com as solicitações dos revisores. Fast track Fast track, em tradução literal do inglês, seria faixa rápida. Porém, a expressão em inglês significa um caminho mais rápido até uma posição de sucesso ou prestígio (consulte termo no dicionário Cambridge clicando aqui). No processo de submissão de artigos científicos, é uma forma que as revistas têm de acelerar o processo de revisão de papers, que muitas vezes pode ser muito demorado. Esse processo rápido pode ser voltado a uma temática específica. Por exemplo, muitas revistas estão com processo de fast track para estudos sobre COVID-19, para que as pesquisas sejam publicadas mais rapidamente. Trabalhos apresentados em eventos científicos, como seminários e congressos, também podem ir para fast track em revistas científicas associadas. Call for papers Termo em inglês que se refere à chamada para submissão de artigos científicos a uma revista, geralmente com uma temática específica. Special issue Termo em inglês que nomeia uma edição especial da revista, geralmente com temática específica, que reúne os artigos aceitos em um call for papers. Acredito que agora ficou mais claro esse processo de revisão por pares! Partiu submeter artigos 😉

Glossário do processo de submissão de artigos científicos