Justificativa para TCC, dissertação ou tese: Tudo o que nunca te contaram sobre como fazer

Você também está em dúvida do que colocar na tal da JUSTIFICATIVA do seu trabalho (dissertação, tese ou mesmo TCC)? Não se sinta mal. A maioria das pessoas não sabe. Muitas vezes, nem os orientadores sabem. Por isso, fiz uma pesquisa e sintetizei em 3 tópicos tudo que precisa ter na sua justificativa! Espero que com este post você consiga desenhar, escrever e mandar muito bem na hora de entregar o seu trabalho concluído. Se você quer ver este conteúdo em vídeo, fizemos uma versão para o nosso canal do Youtube. Como já falado no outro post aqui no blog sobre Introdução, a justificativa faz parte do primeiro capítulo de qualquer trabalho acadêmico. A introdução busca responder, de forma sucinta as perguntas: O que? Por que? Como? Dessa forma, a justificativa é a resposta ao “porquê”. Neste post, vamos entender, de forma super simples, o que você deve observar na sua justificativa. Basicamente, a sua justificativa vai ser composta de um parágrafo para cada um dos seguintes tópicos: Importância prática: A sua pesquisa provavelmente possui uma importância para a sociedade, para as pessoas ou para uma empresa/organização. Se sim, isso é uma parte da justificativa que deve ser colocada. A pessoa que está lendo PRECISA sentir que vale a pena saber o que a sua pesquisa fez, da mesma forma que a sua instituição PRECISA sentir que vale a pena ter você como aluno(a) ou professor(a). No entanto, apenas uma contribuição prática não é o suficiente para você passar alguns anos pesquisando e escrevendo uma dissertação, tese ou TCC; Importância teórica: Aqui é o divisor de águas, se você está fazendo um mestrado ou doutorado acadêmico. Seu trabalho PRECISA contribuir com a teoria já existente. Logo, o segundo parágrafo da sua justificativa vai ser falando em que o seu estudo avança, corrobora ou refuta o que já foi publicado; e Viabilidade: Você precisa demonstrar que está propondo um trabalho exequível. Se não conseguir demonstrar que é possível realizá-lo (por exemplo, arcar com os custos, autorizações, amostras), não será aprovado para avançar para as próximas etapas. Aqui é interessante citar se já possui contato prévio com seus participantes, se possui financiamento, se possui familiaridade com o campo de estudo ou tema proposto. De modo geral, escrevendo 1 ou 2 parágrafos para cada um dos itens acima é o suficiente para que você justifique de forma coerente a sua pesquisa. IMPORTANTE: Evite, ao máximo, utilizar citações antigas na sua justificativa. Atualidade e inovação no assunto são cruciais para que seu trabalho seja aprovado e desperte interesse nos leitores. Ainda precisando de ajuda para escrever sua introdução? Conheça nosso curso online Elementos da introdução: Problema, objetivos e justificativa da pesquisa científica clicando aqui. Ele também está disponível em nossa plataforma de cursos Acadêmica Club! Lembre-se de assistir ao vídeo no Youtube. Espero ver você em outros posts aqui em nosso Blog! Um abraço!

Fale conosco

Mande um WhatsApp

Cursos Online